Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Antropologia e performance: Terra de ninguém ou terra de todos?

Sílvia Raposo

Resumen


O presente artigo destina-se à apresentação e discussão crítica do performative turn nos Estudos da Performance e do ritual, procurando compreender as relações que a performance pode estabelecer com o político e de forma se pode pensar a performance como modo de documentar/analisar o mundo social. Para tal procurase reerguer um edifício teórico complexo tendo em vista consagrar os Estudos da Performance como um campo que foge a uma focagem definitiva e se define como uma anti-disciplina.

Texto completo: PDF (Português (Brasil))