Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Public space in culture-led historic centre. Transformation projects: porto case study

Lígia Paz

Resum


O modelo de competitividade urbana impulsionou, em anos recentes, a percepção dos centros históricos das cidades enquanto uma mais-valia diferenciadora, onde os aspectos simbólicos relacionados com a cultura e o património poderiam ser explorados de uma forma conivente com os interesses do mercado global. Esta intervenção sobre os centros históricos reflecte uma orientação generalizada das políticas europeias para o conhecimento e a inovação, onde se inclui o sector cultural e criativo. Neste artigo, discutiremos o impacto sobre o espaço público destas políticas orientadas para a competitividade. Através da utilização da cultura, do turismo e do património, analisamos o caso de estudo do actual projecto de revitalização urbana sobre a Baixa e o Centro Histórico do Porto, classificado pela UNESCOcomo Património da Humanidade desde 1996.

Paraules clau


Urban Competitiveness; Public Space; Urban Regeneration; UNESCO Historic Centre; Porto; Competitividade urbana; Espaço público; Regeneração urbana; Centro histórico da UNESCO

Text complet: PDF