Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

O lugar da Geografia no entre-lugar do espaço turístico: uma viagem complexa

Antonio Carlos Castrogiovanni

Resum


A pesquisa lida com as interfaces da Geografia, do Turismo e da Comunicação. Procura sustentar inquietações como: existe relação entre o espaço geográfico e o espaço turístico, ou não? Existe ou não um espaço turístico pré-definido? O espaço turístico é resultado ou não de nominalismos e simulacros construídos com a intervenção da Comunicação? O espaço turístico constitui-se num lugar, não-lugar ou entre-lugar? A pesquisa está ancorada em diversas lunetas, entre elas temos as de Milton Santos, Roland Barthes e Ernst Cassirer. A metodologia empregada possibilita o uso da técnica da entrevista episódica proposta por Uwe Flick. O movimento é feito a partir de um lugar, o município de Irai, estação de águas termais situada no norte do Rio Grande do Sul. O espaço turístico que parece ser resultante da densidade comunicacional, inserido num tempo e num espaço, tende a existir a partir da apropriação do espaço geográfico.

Text complet: HTML