Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

A favela e a utopia do direito à cidade no Rio de Janeiro

Márcio Piñon de Oliveira

Resum


Os rumos tomados pela urbanização em geral no capitalismo são extremamente perversos e paradoxalmente desconstrutores de um determinado tipo de cidade onde era possível, ainda, a vida comunitária em espaços diferenciados, porém não segregados e não estanquizados em seus conteúdos sociais. A favela é uma forte expressão deste processo. A utopia do direito à cidade, no caso específico do Rio de Janeiro, começa, obrigatoriamente, pela superação da visão dicotômica favela-cidade. Este trabalho trata das possibilidades de cidadania para os moradores da favela. A utopia do direito à cidade tem de levar à favela a própria utopia da cidade. Temos como pressuposto que para que a favela seja pólo de um desejo que impulsione a busca do direito à cidade, é necessário que ela se pense como parte da história da própria cidade e sua transformação em metrópole.

Text complet: Text complet