Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Do planejamento colaborativo ao planejamento “subversivo”: reflexões sobre limitações e potencialidades de Planos Diretores no Brasil

Rainer Randolph

Resum


Tomando como referência os “Planos Diretores Participativos” no Brasil, o objetivo de nosso trabalho é o de ampliar e aprofundar investigações e debates em torno de modelos comunicativos ou colaboradores do planejamento. Levando a discussão a um novo nível de reflexão política, nós queremos reformular a proposta colaborativa para que se torne mais "radical" e, assim, de alguma maneira "subversiva" por meio da incorporação de novas lógicas e racionalidades, perspectivas, tarefas e formas do processo de planejamento.

Text complet: HTML