Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Novas tecnologias na gestão pública das pequenas cidades do Rio Grande Do Norte

Rita de Cássia da Conceição Gomes, Anieres Barbosa da Silva, Valdenildo Pedro da Silva

Resum


Este texto é parte da nossa pesquisa em andamento sobre planejamento, gestão do território e desenvolvimento socioespacial das pequenas cidades do estado do Rio Grande do Norte, em que procuramos compreender o processo de reprodução socioespacial de pequenas cidades em suas múltiplas dimensões. Uma delas, que ora destacamos, é a capacidade tecnodemocrática dessas localidades e que objetivamos aqui esboçar, por meio da construção do perfil social e técnico dessas cidades, sendo considerada a restrita difusão de inovações tecnológicas existentes nas mesmas. Esse Estado dispõe atualmente de 167 centros urbanos, sendo 155 deles classificados como pequenas cidades, dado o fato de possuírem uma população inferior a 20 mil habitantes. Essas cidades apresentam pouca oferta de serviços e equipamentos sociais de consumo coletivo para a população local, neste período técnico-científico-informacional. Em muitas delas além da inexistência de cinemas, teatros e museus, também pode ser constatada a ausência das chamadas tecnologias convergentes, resultantes da associação entre telefonia, informática e televisão, que ora vivenciamos que se dá de maneira extensa e contínua, em algumas áreas territoriais, enquanto em outras apenas se manifestam como manchas ou pontos. Entendemos ser oportuna a nossa empreitada, uma, vez que por intermédio da mesma teremos condições de conhecer melhor as desigualdades socioespaciais produzidas pelo próprio desenvolvimento tecnológico e informacional.

Text complet: Text complet