Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Organização territorial dos estados-nações na américa meridional: continuidades e mudanças

Vânia Vlach

Resum


Portugal e Espanha constituíram, no início da Idade Moderna, os denominados Impérios Português e Espanhol da América, respectivamente. O desaparecimento destes dois grandes impérios ibéricos, nas três primeiras décadas do século XIX, por meio do que se convencionou designar de independência política, colocou em tela a necessidade de definição da identidade nacional das novas repúblicas; o mesmo é válido para a única monarquia constitucional americana, o Brasil. Isso implica a consideração do papel que o território desempenharia na organização desse conjunto de Estados modernos, particularmente no Brasil. Paralelamente, indaga-se em que medida a colonização ibérica interferiu na organização territorial dos Estados-nações na América Meridional, a fim de se analisar as continuidades e as mudanças desencadeadas pelo processo de sua emancipação, no contexto do liberalismo.

Text complet: Text complet