Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

A exclusão social como revelador das relações entre violência estrutural e violência quotidiana

Luís Fernandes

Resum


Propomos neste artigo um exercício conceptual em torno daquilo que designamos como objectos fluidos, e que materializamos em torno da exclusão social e da violência. Decorre da crítica ao carácter de objecto fluído que discutamos estas noções e que façamos uma proposta da sua clarificação, tendo como base a nossa trajectória como etnógrafos em zonas e com actores conotados com a exclusão e a violência. É também através desta base empírica que concretizaremos a violência estrutural através de duas das suas modalidades de produção: a acção política e os dispositivos de controle social; quanto à violência quotidiana, concretizamo-la também através de duas das suas formas de produção: acções policiais em “zonas problemáticas” e operações de demolição de “bairros das drogas”. Relacionamos por fim estes dois níveis de expressão da violência através da exclusão social, evidenciando a vitimação colectiva e o sofrimento social como dimensões do estatuto de excluído.

Palavras-chave: violência estrutural, violências quotidianas, exclusão social, bairros sociais, vitimação colectiva, sofrimento social.
Abstract

This article is a conceptual exercise in what is called fluid objects, materialized in violence and social exclusion. These notions are discussed and clarified though a critique of the nature of fluid objects based on the ethnographic experience itself in areas and with social actors linked to exclusion and violence. This is the empirical basis for the analysis of two modes of production of structural violence: political action and mechanisms of social control. This article will also consider two modes of production of everyday violence: police activities in “troubled areas” and the demolition of public housing areas associated with drug use. It is argued that these two levels of violence are articulated through social exclusion, and that the status of the excluded is marked by collective victimization and social suffering.

Keywords: structural violence, everyday violence, social exclusion, public housing, collective victimization, social suffering.

Text complet: PDF