Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Dos bestiários à Iconologia de César Ripa: a construção de representações políticas e religiosas nos alvores da Época Moderna

Maria Leonor García da Cruz

Resum


A representação de lobos e de raposas, tradicionalmente escolhidos como representantes da ameaça às ovelhas que compunham a Cristandade liderada pelo Papa, Pastor de almas, foram animais usados do ponto de vista positivo e do negativo na literatura religiosa e profana, em bestiários, livros de emblemas e na “Iconologia” de César Ripa já nos finais do século XVI. Com base sobretudo neste último e num confronto com o pensamento político e os movimentos de espiritualidade quinhentistas, procurarei explicar significados nas representações textuais e pictóricas da época, numa abordagem que se insere no “Programa de Estudos Imagética” do Centro de História da Universidade de Lisboa.Abstract:

Text complet: PDF (Português (Portugal))