Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Paisagem cultural da imigração em Santa Catarina

María Regina Weissheimer

Resum


A singularidade da paisagem cultural da imigração em Santa Catarina está grandemente
alicerçada pela existência das pequenas propriedades rurais policulturas, de base familiar,
que durante muito tempo obtiveram seu sustento através da venda de produtos tradicionais,
feitos da matéria-prima produzida na propriedade e comercializado localmente. A partir da
segunda metade do século XX, a crescente industrialização das regiões de imigração e
a rápida transformação das cidades, cuja área urbana engole os antigos núcleos rurais,
agravada pela imposição de regras sanitárias que restringem o produtor artesanal,
passaram a criar sérios problemas à sobrevivência econômica da pequena propriedade
rural. A preservação dos aspectos mais autênticos da paisagem cultural dessas regiões
depende, atualmente, do desenvolvimento de alternativas econômicas para o sustento da
pequena propriedade, incluindo a necessária criação de selos e certificações especiais aos
produtos tradicionais.

Text complet: Text complet