Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Paisagem cultural de Paranapiacaba: uma experiência de gestão integrada, compartilhada e participativa

Vanessa Gayego Bello Figueiredo

Resum


Um dos desafios mais correntes na gestão de sítios históricos é a busca da simbiose
entre a preservação do patrimônio, do ambiente e o desenvolvimento socioeconômico.
Abordagens recentes, como a de paisagem cultural, enfocam a interdisciplinaridade e
o território como chaves na formulação de políticas integradas que superem dicotomias
clássicas, incluindo o distanciamento ainda diametral na gestão dos patrimônios natural,
cultural, material e imaterial. Tomando como referência o Programa de Desenvolvimento
Sustentável de Paranapiacaba (Santo André-SP), o artigo apresentará como as políticas
setoriais foram concebidas e implementadas articuladamente, por meio da descentralização
administrativa que, entre 2001 e 2008, viabilizou a bem-sucedida integração entre políticas
de preservação cultural, conservação ambiental, turismo comunitário, desenvolvimento
social, planejamento urbano e participação cidadã. Ao final, destacam-se os principais
legados e lições desta experiência.

Text complet: Text complet