Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

A rede de proteção à mulher em situação de violência doméstica : avanços e desafios

Patricia Krieger Grossi, Fabrício André Tavares, Simone Barros de Oliveira

Resum


No Brasil, a violência nas relações conjugais tem sido objeto de crescente denúncia junto à polícia, ao judiciário e aos órgãos públicos de Assistência Social, educação e saúde. A violência doméstica acarreta amplas repercussões psicossociais, econômicas e políticas, não só no plano individual e familiar como também na esfera social da mulher. Diante da complexidade da problemática, permeada por preconceitos e diferentes discriminações, as mulheres vítimas de violência doméstica, com o passar dos anos, vão sofrendo mudanças diversas, muitas vezes drásticas, no meio em que vivem e com quem convivem, resultando na completa fragilização de suas redes de pertencimento.O presente artigo apresenta dados baseados em duas pesquisas: “Rede de atendimento à mulher em situação de violência doméstica: Limites e Possibilidades”; e “Das lágrimas à esperança: o processo de fortalecimento das mulheres em situação de violência doméstica”, desenvolvidas no Núcleo de Estudos e Pesquisa em Violência – NEPEVI, Faculdade de Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Brasil. Nosso objetivo foi fornecer subsídios teóricos práticos para contribuir com o atendimento e fortalecimento de mulheres em situação de violência doméstica. Esta pesquisa consistiu em identificar os limites e possibilidades da rede de apoio a mulher em situação de violência doméstica nos municípios de POA, São Leopoldo e Novo Hamburgo. Foram entrevistadas usuárias dos serviços da rede de proteção à mulher e profissionais vinculados a rede, entre eles, assistentes sociais, psicólogos, delegadas, entre outros.

Text complet: PDF