Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Análise da Conversa (Aplicada) como uma abordagem para o estudo de linguagem e gênero : o caso dos atendimentos a mulheres em situação de violência no Brasil

Ana Cristina Ostermann

Resum


Neste artigo mostro como a Análise da Conversa (Aplicada) pode nos ajudar a compreender as ações humanas em situações cotidianas. Para tanto, valhome dos resultados de uma pesquisa sobre atendimentos a mulheres em situação de violência. Analiso comparativamente as práticas discursivas de profissionais em duas instituições paralelas criadas para lidar com violência contra mulheres no Brasil: uma unidade de uma Delegacia da Mulher (DDM) e um centro feminista de intervenção na violência contra a mulher (CIV-Mulher ou CIV) em suas interações com mulheres vítimas de violência doméstica. A análise dos dados interacionais entre profissionais e vítimas em cada instituição aponta que as policiais tendem a se comportar com mais distanciamento e controle sobre as vítimas. Já as feministas parecem favorecer maior cooperação e aproximação com as mulheres que atendem. Discuto ainda como estudos dessa ordem podem auxiliar na compreensão sobre relações entre linguagem e gênero e relações de poder.

Text complet: PDF