Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

O progresso e o estado de exceção econômico: apontamentos sobre a questão quilombola no Brasil

Andityas Soares de Moura Costa Matos, Jailane Pereira da Silva

Resum


A comunicação que se apresenta busca articular o fenômeno do progres-so –aqui compreendido a partir do olhar benjaminiano, que o vislumbra como “uma tempestade que produz um amontoado de escombros”– e sua relação com o estado de exceção econômico, tomando como ponto de entrecruzamento dessa análise os territórios quilombolas do Brasil. Reconhecendo que a nossa realidade está repleta de homines sacri, cheia de vidas nuas e que a decisão soberana está cada vez mais privatizada pelas corporações econômicas, escolhemos os problemas en-frentados pelas comunidades tradicionais quilombolas para ponderarmos a articu-lação que intentamos, dado que, o quilombo, assim como as demais comunidades tradicionais, nos parece ser um celeiro fértil para analisarmos concretamente os institutos apresentados por Agamben e Benjamin, bem como avaliarmos os delírios do progresso.

Text complet: PDF