Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Entre gambiarras e deslocamentos: assinado Marcelo Mirisola

Luciene Azevedo Azevedo

Resum


O ensaio pretende acompanhar a construção da assinatura de Marcelo Mirisola, comentando alguns aspectos de seu repertório ficcional apostando na hipótese de que o cinismo que se cola à construção da identidade autoral é um impasse à transformação de sua assinatura, de seu nome de autor. A partir de Joana a contragosto o autor tenta um turning point através da metaficcionalização de sua própria condição como escritor no cenário literário contemporâneo expondo as aporias de inscrição de uma marca de autoria. Tal como disse Ricardo Lísias no comentário que fez à Joana, a Contragosto, é possível capturar um movimento de deslocamento da voz autoral na direção de uma dicção mais melancólica e que põe a descoberto as estratégias de ficcionalização da própria figura autoral nas narrativas, as imagens de escritor tematizadas na ficção. Nesse sentido, então, o presente ensaio pretende tentar capturar elementos recorrentes nas narrativas, laboriosamente reiterados que apontam para a consolidação de uma obra e por outro lado, quando metaficcionalizados, indicam a exaustão e a aporia de uma voz narrativa já confirmada.

Text complet: HTML