Revistes Catalanes amb Accés Obert (RACO)

Todo dia era dia de índio: manifestações culturais relativas à semana do dia do índio nas Terras Indígenas de Chapecó, Santa Catarina, Brasil

Adiles Savoldi

Resum


proposta deste artigo é a reflexão sobre os múltiplos planos que articulam as
atividades desenvolvidas nos últimos anos, por ocasião do dia 19 de abril, em terras indígenas
do Sul do Brasil, mais especificamente em Chapecó, SC. A Terra Indígena Toldo
Chimbangue está localizada às margens dos rios Irani e Lajeado Lambedor, a uma distância
de 18 km da cidade de Chapecó, já a Terra Indígena Reserva Aldeia Condá localiza-se na
linha Gramadinho, a 15 Km da área urbana de Chapecó. A etnografia desenvolvida procurou
mapear as diferentes etapas, estratégias e significados da preparação e realização da
Semana Cultural. A observação participante nas atividades culturais aconteceu desde 2004
até 2012. A Semana Cultural, manifestação pública relativa ao dia do índio, nas Terras
Indígenas de Chapecó foi e é ainda organizada pelos professores das Escolas Indígenas de
Ensino Fundamental das respectivas Terras indígenas. Durante a Semana acontecem apresentações
de danças, exposição de artesanato, degustação de culinária típica; é o momento
do encontro entre a população indígena e os visitantes, contexto que se constitui em um
espaço de negociações de sentidos e trocas culturais. Os professores indígenas acreditam que a
Semana Cultural é a possibilidade de mostrar com dignidade a versão da história do ponto
de vista Kaingang, deste modo, a cultura passa a ser positivada e valorizada num contexto
em que historicamente foi negativada e desvalorizada.

Text complet: PDF